terça-feira, 29 de junho de 2010

A MISSÃO DA PALAVRA


Miramez

Aconselhamos ao leitor reler, antes de iniciar esta leitura, o sábio comentário de Allan Kardec referente à pergunta número vinte e oito, para que tenha força para acalmar o impulso de saber, até onde deve ser alcançado, porque neste rumo das revelações não temos outra coisa a dizer além daquilo que ele expõe, inspirado nas mais altas forças de vida. É bom, e muito bom, que o coração ajude a palavra, inspirando-a na sua grande missão de falar construindo, e construir falando certo.

O verbo que o homem já domina com certa facilidade, seu filho de longa data, educado na boca do sábio, tem a missão junto a todos os seus recursos, de aprofundar-se nos segredos da natureza e fazer os mesmos homens compreenderem as belezas da criação, porém, é de ordem comum entre as coisas de Deus, que ele fale com toda a simplicidade, sem esquecer a clareza dos princípios.

A missão da palavra é sublimada, desde quando temos outros sentidos desenvolvidos para compreendê-la. Para tanto, o nosso dever é educá-la, naquela escola cujo mestre maior é Nosso Senhor Jesus Cristo. Com Ele a palavra atingiu os cimos da evolução, coroando, com a mais alta condecoração espiritual, o verbo, ao falar como o fez, quando da sua estadia divina junto a nós, da mais elevada virtude vivenciada nos caminhos da Terra: o Amor.

A sabedoria de Deus confunde o raciocínio humano. A essência divina, ao sair da sua pureza lirial, da sua unidade absoluta e indivisível, torna-se díade, manifestando-se em tudo com todos os valores correspondentes às suas mutações, para melhor servir, pela força e claridade do progresso. A razão é pobre para explicar os segredos do Criador. A evolução tem o poder de transformar a inteligência em sentido altamente dominante, na arte de conhecer. Dentro de nós existem, como sabemos, os talentos divinos, que são favos de luz colocados na nossa consciência pelo Senhor. Cada vez que são despertados — na expressão filosófica denominada Evolução — nos mostram rumos novos da sabedoria.

Deus, na conveniência de sua sabedoria, houve por bem criar inúmeras divisões na construção da casa universal. Cabe a nós outros estudarmos todos os princípios da sabedoria e procurarmos, com humildade, a obediência às leis naturais, que regem e sustentam toda a criação divina. Perder tempo com discussões sem sentido educativo é forçar o inconveniente a transformar-se em ignorância. Se ainda não entendemos o que almejamos conhecer, é bom guardarmos serenidade, e esperarmos a oportunidade, que o arcano do tempo tudo nos revelará no momento preciso, quando as nossas forças suportarem o impacto da verdade.

Tudo que existe obedece a uma seqüência estabelecida pela harmonia. A matéria que tanto estudamos tem sua vida própria sob a influência do Espírito, e o Espírito vive na atmosfera de Deus. A independência é, pois, até certo ponto, de concordância e as afinidades congênitas é que nos garantem a vida, na vida de Deus.

Existe algo de divino dentro da matéria e outro tanto vibrando no Espírito, que por enquanto desconhecemos. Até para os grandes benfeitores — pelo menos é o que ouvimos deles — Deus é um segredo absoluto. Não podemos decifrá-lo, por faltar em nós as qualidades de um deus.

Livro Filosofia Espírita - Volume 1.Psicografia de João Nunes Maia


endereço: http://www.panoramaespirita.com.br/modules/smartsection/
Imagem: http://4.bp.blogspot.com/_BmzDjwC93Zk/RzxRLwb-u2I/AAAAAAAAAEc/sNKtGF8Y6UY/s400/palavras10.jpg


6 comentários:

ValériaC disse...

Meu querido amigo, gosto muito de ler tudo o que Miramez nos fala...o acho maravilhoso...
Falar em Deus foi tema de longa conversa com meu filho mais velho estes dias... e eu com o Livro dos Espíritos, tentando esclarecer alguns pontos e claro que chegamos a conclusão que realmente não temos preparo e conhecimento suficiente para entender o TUDO que Deus representa... mas foi uma boa conversa... nos cabe buscar crescer...caminharmos rumo a perfeição, que somente com o passar dos tempos...pouco a pouco saberemos um pouquinho mais...longo caminho...mas belo em se percorrer cada passo...

Beijo em sua linda alma
Valéria

Jeanne disse...

Miramez é altamente evoluído. Os conselhos que ele nos oferece neste texto são importantíssimos, porque nos remetem à importância da palavra...
Enquanto ainda não dominamos o pensamento totalmente, que saibamos usar a palavra através da educação dos sentimentos e ações, para que não se torne um discurso vazio...
Jesus é sempre farol seguro em todos os momentos.
Beijos

Jorge disse...

Valeria,

isso é viver, de fato, não é?

Um grande beijo, Anjo!!!

Jorge disse...

Jeanne,

tendo Jesus como modelo, naturalmente vamos lapidando da nossas inferioridades. O tempo é o caminho para sermos diamantes!!!

Um beijo, de coração!!

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Meu querido adorei sua postagem, sempre que aqui venho volto mais reconfortada suas palavras me dão alento para enfrentar o meu dia da melhor maneira que posso e sei.
Do fundo do meu ser lhe agradeço seu comentário, não quero que me veja como tal, mas sim um ser humano que tudo fará para o bem do próximo.
Desejo para os meus amigos e para os amigos dos meus amigos, tudo de bom que possam adquirir nesta passagem terrena.
Beijos de muita luz e paz em seu coração

Jorge disse...

Franciete,

o importante numa pessoa é o seu coração. E vc o tem, com uma força interior muito grande!!!

Obrigado por me vistar aqui, Anjo!!!

Um beijo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails