quarta-feira, 26 de maio de 2010

PORQUE NÃO SOU ESPÍRITA KARDECISTA


Wladisney Lopes da Costa

wladisney@terra.com.br

"Porém, nunca o repetirei demasiado, não aceiteis coisa alguma às cegas." Erasto, LM Cap. V Item 98

É muito comum encontrarmos afirmações do tipo: Espírita Kardecista, Kardecismo. Isto cada vez mais, vai se tornando natural no meio Espírita em palestras, jornais e revistas. Porem o que me chamou a atenção foi o artigo da jornalista Renata Saraiva no Jornal Valor de 15 de dezembro de 2000, no seu artigo “Loucura e espiritismo no Brasil” a chamada é a seguinte: “Historiadora estuda como a psiquiatria tratou o Kardecismo no início do século”. O artigo trata da tese de doutorado da historiadora da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP Angélica Silva de Almeida “A Loucura Espírita no Brasil”.Percebam que o termo Kardecismo foi utilizado como sinônimo de Espiritismo, demonstrando que a confusão iniciada no meio espírita começa a atingir também a mídia. Isto é tudo que alguns inimigos da Doutrina Espírita querem, pois ela deixaria de ser a revelação dada por uma plêiade de espíritos liderados pelo Espírito da Verdade para ficar resumida em uma única pessoa. Antigamente falava-se em espiritismo de mesa branca, espírita de mesa branca e a mesa branca foi substituída por Kardecismo ou Kardecista, alguns centros chegam a incluir em sua denominação Centro Espírita Kardecista.

Entre os espíritas ainda predomina o aprendizado verbal ouve-se alguém dizer acha-se bonito e vai se repetindo, sem parar para refletir se isto condiz com o que aprendemos, apenas como exemplo já perceberam como o termo karma foi incorporado ao linguajar de alguns “espíritas”.

O que mais ouvimos é que a leitura do Livro dos Espíritos é muito difícil, por isto esta verdadeira enxurrada de romances, muitos deles com erros graves em relação à Doutrina e são vendidos dentro da própria casa espírita, basta se dizer que o livro é psicografado para se tornar uma obra espírita, mas esta é uma história que fica para uma outra vez.

Para explicar porque não sou espírita Kardecista, chamo em minha defesa o Sr. Allan Kardec, que sem duvida era o bom senso encarnado e que já imaginando as distorções que poderiam ocorrer fez questão de deixar bem claro logo no primeiro parágrafo da introdução do Livro dos Espíritos o seguinte: “Para se designarem coisas novas são precisos termos novos. Assim exige a clareza da linguagem para evitar confusão inerente à variedade de sentidos das mesmas palavras.” e mais a frente estabelece “Os adeptos do Espiritismo serão, Espíritas ou se quiserem Espiritistas. (grifo nosso) .

Recorro agora a equipe de espíritos responsáveis pelo Livro dos Espíritos, vamos aos prolegômenos deste livro, que nos dizem: “Este livro é o repositório de seus ensinos, foi escrito por ordem e mediante ditado de Espíritos superiores para estabelecer os fundamentos de uma filosofia racional. Nada contém que não seja a expressão do pensamento deles e que não tenha sido por eles examinado. Só a ordem e a distribuição metódica das matérias, assim como as nota e a forma de algumas partes da redação constituem obra d’aquele que recebeu a missão de os publicar”.

Portanto a simples leitura da Introdução e dos Prolegômenos, do Livro dos Espíritos já bastaria para que não criássemos termos novos para definir o que já está definido e muito bem definido.Seria interessante ainda aos que se dizem espiritas Kardecista lerem o Capitulo I de A Gênese que trata do Caráter da Revelação Espirita, em especial o item 45 que aqui reproduzimos A primeira revelação teve a sua personificação em Moisés, a segunda no Cristo, a terceira não a tem em indivíduo algum (grifo nosso). As duas primeiras foram individuais, a terceira coletiva; aí está um caráter essencial de grande importância. Ela é coletiva no sentido de não ser feita ou dada como privilégio de pessoa alguma; ninguém, por conseqüência, pode inculcar-se como seu profeta exclusivo; foi espalhada simultaneamente, por sobre a Terra, a milhões de pessoas, de todas as idades e condições, desde a mais baixa até a mais alta da escala, conforme, esta predição registrada pelo autor dos Atos dos Apóstolos:’Nos últimos tempos, disse o Senhor, derramarei o meu espírito sobre toda a carne; os vossos filhos e filhas profetizarão, os mancebos terão visões, e os velhos, sonhos”.(Atos, cap. II vv. 17,18.) Ela não proveio de nenhum culto especial, a fim de servir um dia, a todos, de ponto de ligação.Com base neste item Kardec faz uma nota explicando o seu papel “neste grande movimento de idéias”. Neste mesmo livro no Cap. XVII, Predições do Evangelho item 40, podemos ler: Não é uma doutrina individual, uma concepção humana; ninguém pode dizer-se seu criador. É o produto do ensino coletivo dos espíritos, ao qual preside o Espírito de Verdade “. E no rodapé da pagina joga uma pá de cal sobre este assunto, escrevendo o seguinte: ”Todas as doutrinas filosóficas e religiosas trazem o nome da individualidade fundadora: o mosaismo, o cristianismo, o maometismo, o budismo, o cartesianismo, o furierismo, san-sinomismo, etc. A palavra Espiritismo ao contrário, não lembra nenhuma personalidade, ela encerra uma idéia geral, que indica, ao mesmo tempo, o caráter e a fonte múltipla da doutrina”.

Portanto baseado em tudo que aprendi até agora, sou Espírita e ponto final.



endereço: http://www.terraespiritual.locaweb.com.br/espiritismo/artigo116.html
imagem: internet


13 comentários:

MULHER DE FASES! disse...

adorei a explicação,muito pertinente!!abço fraterno!!!ELANE

ValériaC disse...

Jorge meu querido amigo...excelente texto, deixa tudo muito bem esclarecido.
Realmente, até mesmo entre os espíritas, falta mais estudo.
Beijos...
Valéria

Adriana disse...

Jorge,

Adorei o artigo! Há umas semanas atrás andei conversando exatamente sobre isso com alguns amigos que consideram-se espíritas "kardecistas", mas infelizmente algumas pessoas ainda continuam utilizando esse termo, inclusive dentro das casas espíritas, o que prejudica muito a correta divulgação dessa querida doutrina. Aguardemos, pois um dia todos compreenderão.

Abraços fraternos!!

Uman disse...

Elane,boa noite!!

Ainda o próprio Espírita confunde. Creio que por falta de estudo das obras de Kardec.

Um beijo!!!
E obrigado pela sua visita!!!

Jorge

Uman disse...

Valeria, doce amiga

Percebo quão comum é sermos chamados de kardecistas.
Falta mais informação!!!

Um beijo, Anjo!!!
Jorge

Uman disse...

Adriana,

acredito da necessidade dessa espera, mas buscando semp reesclarecer deste equívoco. Apesar de que nada afeta a nossa doutrina, quanto mais correto conhecer a doutrina, melhor, não é?

Minha amiga, beijo de luz!
Jorge

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Partilho de sua opinião, sensata e corretíssima.
Parbéns pelo post!

Renata disse...

Olá Uman posso lhe chamar assim?Gostei muito da sua postagem bem esclarecedora,faz pouco tempo que estudo a doutrina espírita,mas a cada leitura que faço me identifico mais,obrigado voltarei mais vzs muita luz em seu caminho e que esta se espalhe á todos que buscam conhecimento,pois só chegaremos lá com o mesmo!

Uman disse...

GEEL,

obrigado!!!

Abraços!
Jorge

Uman disse...

Renata

Eis uma doutrina consoladora. Ela, atraves da lógica e do bom-senso, nos traz à luz da convicção, Deus, a vida e tudo que nos rodeia.
Seja bem vinda a este humilde blog, minha amiga!!!

Um beijo, de coração,
Jorge

Jr disse...

Ótima postageem! Não poderia ter ficado melhor! Nota 10!

Não gosto dessas designiações "Espírita Kardecista", "Espírita Ramatista" "Espiritismo de Linha Branca", etc...

Existe o Espiritismo, uma única doutrina que foi codificada por Alan Kardec e nem por isso foi ele que a fez, sendo os espíritos superiores por trás dela...

Novamente parabens!
Luz e Paz


WEBSITE: http://websitenovaera.blogspot.com/

TWITTER: http://twitter.com/junior_gothic

PERGUNTE-ME: http://www.formspring.me/JuniorGothic

Uman disse...

Jr,

ainda fazemos confusão.Como já disse a Elane, é falta de estudar o Kardec.
Fiquei feliz por ter gostado deste texto.

Um grande abraço,
Jorge

Anonimo ! disse...

Homem se apaixonar - Essa oração é perigosa. Atua em todo os elementos do universo. Quando tiver realizado verá a imagem da pessoa e a partir desse momento não tem mais volta. Se não o ama não faça, não tem volta, ele vai pertencer a você para sempre. O resultado é imediato.

Pai universal, único, pai dos felizes mortais e imortais. Criastes, em particular, potências que são maravilhosamente semelhantes ao teu eterno pensamento e à tua essência adorável; tu as estabeleceste superiores aos anjos, que anunciam ao mundo as tuas vontades, enfim, nos criastes na terceira ordem no nosso império elementar. Aqui, o nosso contínuo exercício louvar e adorar aos teus desejos; por amor do teu nome DEUS rogo que[wfr), me peça para ficar com ele , arquétipo admirável da maternidade e do puro amor , filha, flor dos filhos, forma de todas as formas, alma, espírito, harmonia e número de todas as coisas. Tenho sofrido rejeição, descaso, abandono. Por amor minha alma não tem paz, envia DEUS o espírito do tormento para que(wfr), me procure o mais rápido possível e me peça para ficar junto com ele. Permita falanges de anjos cercarem (wfr), dia e noite sussurrando meu nome (adt) no ouvido (wfr), trazendo a imagem da minha face (adt) na mente de (wfr), sufocando e apertando o coração de (wfr), afrigindo a sua alma. Que NAO RECUSE o meu amor, que é puro e provem de ti. Rogo tua providência divina e justiça em nome de Jesus Cristo teu filho amado, que reina e vive para todo o sempre. Amém! Pai nosso (3 vezes) - publicar durante 7 dias.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails