quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

OBSESSORES NOS PRESÍDIOS


O assunto girava em torno de uma visita a um presídio na cidade de São Paulo, que um grupo de amigos havia realizado, juntamente com o Chico.
Estávamos, sábado à tarde, no Grupo Espírita da Prece, em Uberaba (MG), e era lembrado o ocorrido...
Dizia-nos o Chico, muito feliz, que recebera calorosos abraços de aproximadamente quatro mil internos daquela casa de correção.
- Imagine - começou a sorrir - que, depois de receber tantos tapinhas, eu tinha as costas doloridas...
Um moço que havia participado daquele trabalho indaga:
- Chico, você viu muitos espíritos obsessores lá no presídio?
- Não! - respondeu ele. Não vi obsessores. Vi, sim, muitos benfeitores amigos, muitas mães. Já não há obsessores, não! Eles já fizeram o que queriam!...
Nós, que ouvimos aquela resposta, quedamos, surpreendidos pela lógica convincente.



Cézar Carneiro Revista “O Espírita Mineiro” - Maio/Agosto de 2000 - Nº 106


ENDEREÇO: http://conscienciaevida.blogspot.com/2009/11/obsessores-nos-presidios.html

IMAGEM: alphalumen.com.br


8 comentários:

Julimar Murat disse...

Oi amigo Uman

muito interessante, se pararmos pra pensar é exatamente isso. Muitas vezes o espírito obsessor
leva a "vitima" até a prática de um delito e o abandona depois do feito e entra os tarefeiros do bem em cena.

Um grande abraço meu amigo e obrigada por mais esta oportunidade

julimar

Kelly disse...

Uman querido amigo que tenho certeza foi colocado no meu caminho para me aliviar a tristeza e me deixar claro que a vida não acaba quando termina aqui.
Li esse texto semana passada e fiquei encantada, pois todos nós temos a impressão de que presídios e lugares do tipo devem estar repleto de obssessores, mas Chico Xavier torna clara uma verdade que estava mesmo a nossa frente, o que eles fariam ali se o intento de prejudicar o próximo já tinha sido alcançado?
Abraço carinhoso e cheio de gratidão para você

Unknown man disse...

Julimar, olá!!!

Postei este pequeno texto porque é um tema de estudo.

Minha amiga, sempre com carinho,
Uman

Unknown man disse...

Kelly,
Não é por acaso que cruzamos com pessoas que são amigas. Nós nos cruzamos aqui no meio dos blogs porque era este o caminho. Se vc no momento tem tristezas, amanhã poderá ser a minha vez. Mas a amizade aí está, sólida e duradoura.

Este texto achei muito interessante. Não imaginava, de verdade, esta lógica simples e profunda.
Lendo, me perguntei: simples assim.
Caindo a ficha, percebo um campo muito grande de estudo.

Minha amiga, um beijo, de coração,
Uman

Jr disse...

Oi! Tudo bem?

Já estou te seguindo! Gostei do seu blog! Parabéns!

Luz e Paz

REGINA GOULART SANTOS disse...

Impressionante e elucidativo seu post, Unknown.
Os casos de obsessão são muito tristes, e há de se ter muita luz para tratar de um irmão obsedado,cujas forças vêm sendo minadas por espíritos inferiores, a ponto dele não ter muita noção da gravidade de seus atos.
O trabalho de um médium é sublime. Rogo aos espíritos superiores de muita luminosidade, os socorristas, que intercedam dando paz a estes seres os afastando destes espíritos das trevas.

Há muito que ser feito, eis que estamos atravessando uma fase bastante turbulenta e de todo delicada.

Que Deus nos conceda suas graças para que possamos renovar nossas forças, nos protegendo e guiando para que possamos evoluir e ajudar, sempre, neste plano e nos demais.

Beijos iluminados na alma meu querido amigo

Unknown man disse...

Olá, JR

Obrigado por ter gostado deste blog e ser seguidora.

Volte sempre!!!!

Com carinho,

Unknown man disse...

Olá, Regina!!
O mundo está turbulento mesmo. Necessitamos "orar e vigiar" constantemente porque as vibrações estão pesadas.
Cuidemos de valorizar mais o Amor que equilibra e semeá-lo pelo caminho.

Beijo, minha amiga!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails